Como saber se estou em um relacionamento abusivo? BEDA #11


Antes desse tema estar ecoando por todos os lados nas redes sociais por causa daquela polêmica no BBB, ele já estava na minha lista do BEDA. Desde o mês passado. Agora, se faz mais que necessário conversar sobre esse assunto.



Quando conhecemos alguém e começamos a nos relacionar com essa pessoa, muitas vezes, não imaginamos que vamos entrar em um relacionamento abusivo. "Tudo de novo são flores", diz a minha mãe. E nunca vou me esquecer desse dizer dela. Devemos sempre estar atento às características, rumores e atitudes dxs nossxs parceirxs. Mas não é que devemos desconfiar de todo mundo, mas vocês sabem né, são seres humanos e sempre podemos esperar tudo. 

Eu li vários artigos a respeito desse assunto durante a minha vida, principalmente, quando eu estava vivendo em um relacionamento assim. São nas mínimas coisas que, muitas vezes achamos normal em um relacionamento, que o abuso acontece.

Abuso não é só bater e estuprar não. Vai muito além disso. O fato de querer controlar o outro e moldá-lx a seu gosto já é um abuso. Chamar de loucx, de burrx, te culpar por tudo já se configura abuso. 

Para ilustrar melhor, vou trazer trechos de alguns artigos que li que acho importante compartilhar. 

No site WikiHow, foi postado um artigo de como reconhecer um relacionamento abusivo e nesse artigo, tem uma série de perguntas que ajudam a gente a identificar isso.

Sinais de abuso e manipulação
  • Zomba ou constrange você na frente dos amigos e da família?
  • Minimiza suas conquistas ou não incentiva você a conquistar seus sonhos?
  • Faz com que você se sinta incapaz de tomar decisões?
  • Usa da intimidação, culpa e ameaças para obter sua complacência?
  • Diz o que você deve ou não vestir?
  • Fala como deve deixar ou pentear o cabelo?
  • Diz que você não é nada sem elx ou que elx não é nada sem você?
  • Te trata de maneira grosseira sem o seu consentimento, beliscando, agarrando, empurrando ou até agredindo?
  • Faz várias ligações por noite ou aparece para garantir que você está onde disse que estaria?
  • Usa as drogas e álcool como desculpa para dizer coisas indelicadas ou para abusar de você?
  • Te culpa pela maneira com que age ou se sente?
  • Faz pressão para fazer sexo, mesmo que você ainda não se sinta preparado?
  • Dá a sensação de que “não há como sair” do relacionamento?
  • Evita que você faça outras coisas que gosta, como ficar perto da família e de amigos?
  • Não deixa que saiam de um lugar após uma briga ou abandona você em algum lugar após um desentendimento, só para “ensinar uma lição”?
Se você respondeu algumas dessas pode ser que você esteja em um relacionamento abusivo. 

Em outro artigo, no site Entre Cultura, eles explicam sobre os vários abusos que as mulheres sofrem em seus relacionamentos. Eles citam o projeto Mete a Colher, que era um site de empoderamento feminino e que criaram a hashtag ‪#‎elenãotebate, onde as mulheres iriam poder falar de todos os abusos que sofriam e foi uma febre no Twitter e Facebook a respeito disso.



#‎EleNãoTeBate‬, mas te faz mil ofensas e diz coisas constrangedoras até tirar a saia e colocar uma calça.
#EleNãoTeBate, mas fica sem conversar com você por uma semana até que você garanta que parou de falar com aquele rapaz da faculdade.
#EleNãoTeBate, mas diz que vai acabar “procurando na rua” quando você não quer transar.
#EleNãoTeBate, mas te faz se sentir mal por fazer coisas que antes te deixavam feliz.
#EleNãoTeBate, mas regula suas amizades e fala mal de todas as suas amigas, até que você se afaste delas.
#EleNãoTeBate, mas você não pode ir pra lugar nenhum sem a aprovação ou a presença dele.
#EleNãoTeBate, mas te afasta da sua família porque sua família agora é ele.
#EleNãoTeBate, mas te chama de maluca e que você tá imaginando coisas quando encontra algum indício de que ele esteja mentindo ou te traindo.
#EleNãoTeBate, mas te faz se sentir culpada por trabalhar fora/estudar ao invés de ficar somente em casa cuidando dos filhos e dele.
#EleNãoTeBate, mas faz chantagem psicológica e diz que você não o ama de verdade se não der as senhas de todas suas redes sociais e emails pra ele.
#EleNãoTeBate, mas te diminui e diz que se um dia largar dele, ninguém mais vai te querer, pq só ele te suporta.
#EleNãoTeBate, mas repete o tempo inteiro que você é burra e que não duraria muito tempo sem ele.

Mas Luísa, como vou me livrar de um relacionamento assim?

Olha, não existe fórmula mágica para isso. se você acha que está um relacionamento abusivo procure a ajuda de um profissional ou alguém para conversar. Lembre-se que você não está sozinhx e que amor próprio é o primeiro amor que devemos ter na vida. Se valorize. Não se humilhe por causa de outras pessoas e principalmente por medo de ficar sozinhx. Eu repito: Você não esta sozinhx. Existe um mundo enorme lá fora onde podemos usufruir de coisas maravilhosas. Mesmo que doa, seja honestx com você mesmx e se livre do peso que você carrega. 

Estamos todos juntos por essa luta, por um mundo mais igualitário, onde não precisamos pisar uns nos outros para conquistar aquilo que desejamos. ❤️

6 comentários:

  1. Achei muito interessante, infelizmente isso acontece. Muito bacana bater nessa tecla e orientar as mulheres a terem mais coragem em denunciar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Regis, obrigada por seu comentário. :)

      Excluir
  2. Gostei bastante do post, acho que é um assunto que nunca pode ser esquecido. Interessante que várias dessas dicas para analisar o relacionamento tbm podem ser aplicadas a relacionamento familiares e na amizade. É sempre bom ficarmos de olho em qualquer tipo de relacionamento tóxico... ótimo post ^^ beijos!

    Metamorphya••• Particpe do Sorteio de 1 Ano do Blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna, obrigada por seu comentário. Com certeza, é válido para qualquer tipo de relacionamento. O que não podemos é permitir é viver em algo assim.

      Excluir
  3. Mana: PARABÉNS pelo texto! Amei, e amei o seu blog. Já estou seguindo pra nao perder nadinha!

    Beijocas,
    Dossiê de Verão | Fanpage | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário e pelo carinho ! :)

      Excluir

Tecnologia do Blogger.