Hoje eu descobri que não sei falar sobre saudade. Externar os sentimentos é algo que desaprendi. Foi necessário para me proteger do que estava por vir.

Eu sabia que um dia ia te perder. Afinal, o curso normal da vida é que você vá antes de mim. Mas, como sempre, temos a ideia de achar que a vida nos dará sempre mais um dia. 

Ontem fui a evento que com certeza você ia amar. Cada verso de música era um pedaço teu. Era uma lembrança de aprendizado, das vezes que você me deu colo, das vezes que eu via você dançar com sua cerveja na mão.

Porque pai? Porque você tinha que ir? Porque você me deixou? Eu tento com todas as minhas forças ser um pouco você, para me agarrar às migalhas de lembranças tuas que me sobraram.

Eu não consigo olhar os teus retratos, eu me recuso a pensar que você se foi. Você era meu amigo. Porque você me deixou? Com que direito você acha que poderia fazer isso comigo?




Eu não estou de luto. Porque o luto seria algo muito pequeno para representar a sua perda. A verdade é que nunca vou superar isso. Nunca vou superar o fato de você não estar mais aqui. Você entende isso, seja lá onde você tiver? Eu estou muito brava com você e eu gostaria de poder te dizer isso seguido de um longo abraço. 

Eu queria poder chorar um rio de lágrimas, mas eu prometi para você antes de você ir que eu ia cuidar de mãe e ser forte por ela. E se a vida se resume em perder quem amamos que bosta de vida é essa? Hoje foi você, mas e amanhã?

Me desculpe pai. Você sabe que sou meio histérica e dramática. Mas você não sabe o que eu daria para te ver apenas mais uma vez. 

“...Tô louca pra te ver chegar, tô louca pra te ter nas mãos, deitar no teu abraço, retomar o pedaço que falta no meu coração, eu não existo longe de você...”

8 Comentários

  1. Não sei nem o que dizer, se eu disser que o texto é lindo não estarei sendo justa com ele. É sensível, é dolorido, é tão íntimo e honesto que faz a gente sentir junto.
    Parabéns pelas palavras, você é ótima nisso. <3

    Beijo!
    Amanda
    Metamorphya••• Particpe do Sorteio de 1 Ano do Blog!

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente todos nascem para morrer um dia. E para quem fica fica as lembranças e a vontade de voltar no tempo. beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, não sei o que comentar, é triste, é pesado, é complicado e somente qm passa sabe com é... Saudade é uma coisa boa e ruim, boa pq se há saudade é pq foi especial e ruim pq machuca demais... =/ A vida é cruel não é? Ela sempre nos tira quem amamos e pq? Em troca de que? =/

    Metamorphya••• Particpe do Sorteio de 1 Ano do Blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna, é verdade viu. Infelizmente faz parte da vida.

      Excluir
  4. Olá! Dizer adeus realmente nunca será uma tarefa fácil, mas algumas vezes faz-se necessário e faz parte de quem nós somos. Seu texto ficou incrível e foi capaz de despertar vários sentimentos em mim durante a leitura. Adorei a sua forma de escrever. Continue com ela. Beijos!

    www.brincandodeolivia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carolina, obrigada por seu comentário e por seu carinho. :D

      Excluir